141015 energia eletrica CAPTACAO ITAIPU IKE 3213 26Quando falta luz também pode faltar água porque equipamentos da Sanepar exigem alta potência

O fornecimento de água tratada depende, diretamente, da energia elétrica. No Paraná, 3.440 unidades operacionais instaladas pela Sanepar só funcionam se há luz para acionar os equipamentos de grande porte que bombeiam a água dos rios, ou dos poços, até as estações de tratamento. Estas, também dependem da energia para fazer a água circular entre os tanques até tornar-se própria para o consumo humano. É por meio da energia elétrica que a água é bombeada dos reservatórios até os pontos de consumo. Atualmente, a Sanepar utiliza cerca de 50 milhões de metros de redes, que só operam se houver energia para pressurizar a tubulação e fazer a água chegar ao destino.

Quando há falta de energia elétrica, a normalização do abastecimento de água é mais demorada do que o retorno da luz, pois a velocidade da luz não se aplica à água. Sempre que há interrupção no fornecimento de água, as tubulações ficam vazias. Para retomar o abastecimento, o bombeamento deve seguir determinados parâmetros. Se for reiniciado rapidamente, com alta pressão, as tubulações rompem. Por isso, geralmente são necessárias várias horas até que a água chegue às torneiras de novo, após o reinício da produção e da distribuição.

PARADAS PROGRAMADAS – Para evitar os transtornos com a falta de energia e a decorrente falta de água, tanto a Sanepar quanto a Copel têm investido em manutenções preventivas. Quando necessárias, para interligações ou substituições de equipamentos, as paradas exigem menos tempo.

ViewImageFoi divulgado nesta terça-feira (20/01) o resultado final das provas objetivas do processo seletivo da Petrobras. O concurso tem o objetivo de preencher 663 vagas, sendo 575 em cargos de nível médio e 88 em cargos de nível superior. Foram 310.893 candidatos inscritos para prestar as provas, realizadas no dia 7 de dezembro de 2014, em 36 cidades do país. A relação foi de aproximadamente 470 candidatos por vaga.
Os resultados podem ser consultados no site da Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br) ou da Petrobras (www.petrobras.com.br) e abrangem todos os cargos, exceto Técnico de Perfuração e Poços Júnior. Para este cargo, já está disponível a lista de convocados para o exame de capacitação física, previsto para ocorrer nos dias 24 e 25 de janeiro. Os resultados finais para este cargo estarão disponíveis no dia 12 de fevereiro.
Lei de cotas
Esse é o primeiro processo seletivo da Petrobras a aplicar a chamada Lei de Cotas. A Lei 12.990/2014 reserva 20% das vagas para pessoas pretas ou pardas em concursos públicos, desde que o número de vagas seja maior ou igual a três. A Lei de Cotas define que podem concorrer a essas vagas reservadas apenas aqueles que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição no concurso público, conforme o quesito cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. De acordo com a instituição, o conceito de cor ou raça é uma “característica declarada pelas pessoas, de acordo com as seguintes opções: branca, preta, amarela, parda ou indígena”.
Concursos nos últimos anos
Este é o segundo processo seletivo da Petrobras em 2014. O concurso anterior, realizado no primeiro semestre, teve sua validade prorrogada até 26 de junho deste ano. Mais de 113 mil candidatos se inscreveram para as 100 vagas disponíveis e, até o momento, 447 pessoas foram admitidas.
Em 2012, a companhia realizou um processo seletivo para preencher 1.521 vagas, para as quais se inscreveram mais de 330 mil candidatos. Em 2011, foram dois concursos: o primeiro ofereceu 590 vagas e teve 173.694 inscritos; o segundo inscreveu mais de 42 mil candidatos para as 350 vagas publicadas. No fim de 2010, em outro processo seletivo, a Petrobras ofereceu 839 vagas e teve 338.686 inscritos.
Desde 2010, a Petrobras ofereceu um total de 4.063 oportunidades em seus quadros, tendo atraído 1.310.136 pessoas na busca por uma vaga na companhia. Se somarmos o quantitativo total de candidatos e dividirmos pelo número total de vagas, a relação é de 322 candidatos por vaga.
Mais informações
Informações completas sobre os todos os processos seletivos da companhia estão disponíveis no site www.petrobras.com.br.

rossoniO deputado Valdir Rossoni, presidente da Assembleia Legislativa, recebeu nesta segunda-feira (19) a visita da vice-governadora Cida Borghetti. Ela veio agradecer ao deputado pelo trabalho que ele realizou à frente do Legislativo nesses últimos quatro anos em que atuou como presidente. Nesse período, a Assembleia passou por uma grande mudança e se transformou em uma das mais transparentes e austeras do país. Cida aproveitou para falar um pouco do funcionamento dos trabalhos na Câmara Federal, onde Rossoni assume o mandato de deputado federal no próximo dia 1º. Ela ressaltou a importância em reforçar o entendimento nos próximos anos para melhor servir ao Paraná. O presidente agradeceu a visita e disse que a troca de conhecimento e informações sobre a dinâmica de Brasília é positiva para bem desempenhar seu mandato a partir do próximo mês. “Vou trabalhar pelo Estado e manter as relações fortalecidas aqui. Isso é muito importante - e quem ganha são os paranaenses”, disse Rossoni.

 

kjjkkkkkSuperação e perseverança. Estas características marcam a história de vida de Cézar, 30 anos, um dos 13 integrantes da 15ª edição do Big Brother Brasil. Terceiro de quatro irmãos, Cézar vem de uma família muito pobre. Ele nunca chegou a passar necessidade, mas conta que teve uma vida cheia de limitações. “Graças a Deus nunca passei fome, a gente sempre teve a subsistência. Só o supérfluo que não. Carne e macarrão, por exemplo, a gente não tinha todos os dias. Meus pais se ressentiam muito porque não conseguiam dar vestuário bom para a gente. Somos uma família numerosa, quatro filhos para dar de vestir é difícil".

Nascido na zona rural de Inácio Martins, pequeno município no interior do Paraná, Cézar e seus irmãos tinham tudo para seguir o caminho dos pais e permanecerem na roça. Mas seu Darcílio, um agricultor semianalfabeto, e dona Maria Rosa, uma empregada doméstica, decidiram que seus filhos teriam uma vida diferente, com mais oportunidades e, para isso, todos deveriam estudar. “Dar terra para filho é coisa que não dá certo. Para ser alguém na vida, é preciso ter estudo”, diz o agricultor.

Dos quatro filhos, dois já estão formados. Cézar é graduado em Economia e atualmente também cursa a faculdade de Direito. Janete, a mais velha, se formou em Pedagogia e acaba de passar em um concurso público municipal. A caçula Eliete estuda Recursos Humanos. A única exceção é o segundo filho, Edson, que, mesmo sem diploma, trabalha em dois hospitais na cidade de Guarapuava.

Na lista de 1,5 mil cidades que poderão pedir mais profissionais do programa Mais Médicos, mais da metade fica em seis estados: Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Ceará, Rio Grande do Sul e Goiás. No Paraná, 62 cidades foram contempladas, entre elas São Mateus do Sul. O período de adesão das prefeituras começou ontem e vai até 28 de janeiro. A partir da adesão desses municípios – que informarão quantos médicos querem , aceitando as condicionantes que o contrato de adesão impõe–é que o Ministério da Saúde saberá o número de vagas a serem preenchidas.
A lista dos municípios foi divulgada ontem pelo Ministério da Saúde. Minas Gerais, o estado com o maior número de municípios no Brasil, também é o mais contemplado na nova etapa do Mais Médicos: 166 cidades poderão pedir mais profissionais. A capital, Belo Horizonte, ficou de fora. Em seguida vêm São Paulo (161), Bahia (120), Ceará (117), Rio Grande do Sul (106) e Goiás (97).
Além de São Mateus do Sul, os outros municípios contemplados na nova etapa do Mais Médicos e que poderão requisitar profissionais são: Almirante Tamandaré, Arapongas, Astorga, Atalaia, Bandeirantes, Califórnia, Cambé, Campo Bonito, Campo Largo, Cascavel, Céu Azul, Colombo, Dois Vizinhos, Fazenda Rio Grande, Floresta, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Guaratuba, Ibema, Imbaú, Iporã, Irati, Itaguajé, Ivaí, Jaguariaíva, Kaloré, Laranjeiras do Sul, Londrina, Mandaguari, Mandirituba, Marechal Cândido Rondon, Maringá, Matinhos, Ouro Verde do Oeste, Palmital, Paulo Frontin, Peabiru, Piên, Pinhais, Pinhão, Piraí do Sul, Piraquara, Quatiguá, Ramilândia, Realeza, Ribeirão do Pinhal, Rolândia, Rondon, Santa Cecília do Pavão, Santa Helena, Santo Antônio da Platina, Santo Antônio do Sudoeste, São Jorge d’Oeste, São José dos Pinhais, São Sebastião da Amoreira, Sarandi, Terra Roxa, Tupãssi, Umuarama.
Segundo o Ministério da Saúde, o novo edital do programa tem por objetivo atender as cidades mais vulneráveis. Estão nessa lista: municípios com 20% de sua população em extrema pobreza, com IDH baixo e muito baixo.
PROFISSIONAIS
Os primeiros médicos devem começar o trabalho em março. Os estrangeiros e brasileiros formados no exterior devem começar em julho. As inscrições gerais podem ser feita até 29 da janeiro. Já os jovens médicos que decidirem fazer o Provab dentro do Mais Médicos poderão manifestar o interesse no programa entre 21 e 23 de janeiro.

detranOs 800 Centros de Formação de Condutores (CFCs) com cadastro ativo no Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) têm mais 45 dias para se adequarem às mudanças na carga horária dos cursos de habilitação previstas na resolução 493/2014 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Em 2014, o Departamento prorrogou a entrada em vigor da nova carga horária por 90 dias para que a aplicação das mudanças estabelecidas na legislação fosse feita de forma correta. Assim, a partir de 1º de março entra em vigor a portaria 635/2014 do Detran, publicada no último dia 9 de dezembro, que exige o cumprimento dos requisitos para processos iniciados desta data em diante.

“Estendemos o prazo era curto para que as autoescolas tivessem condições de atender às demandas de alunos e se adequassem aos novos procedimentos e agendas. A mudança na carga horária é necessária para tornar ainda melhor a formação dos novos motoristas e fundamental para um trânsito seguro”, ressalta o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

A Petrobras incentiva a inserção de jovens, em situação de vulnerabilidade social e econômica, no mercado de trabalho, promovendo qualificação pessoal e profissional. O Programa Petrobras Jovem Aprendiz (PPJA), criado com base na lei 10.097/00, completa nove anos oferecendo oportunidade de um futuro melhor para jovens, entre 15 a 21 anos, que frequentam o ensino regular e residam no entorno das unidades da companhia.
O programa já qualificou mais de 5 mil jovens, que atuam nas áreas administrativas, operacionais, e em laboratórios de pesquisa. Outros 3 mil alunos frequentam cursos em todo o país. No total, serão mais de 8 mil jovens capacitados nos 9 anos do programa.
O PPJA é dividido em três fases. A primeira é a Formação Básica, feita nas Instituições Sociais conveniadas com a Petrobras, onde os participantes recebem aulas de cidadania, responsabilidade social, mundo do trabalho e prevenção contra drogas, entre outras. Em seguida, vem a Qualificação Técnica-Profissional, realizada nas dependências do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Por último, a Vivência Profissional, com atividades práticas acompanhadas por profissionais da companhia.
Como participar do programa
Para participar do processo seletivo do PPJA, o jovem precisa atender aos seguintes requisitos:
- Estar em situação de vulnerabilidade social (a partir da renda familiar e do Cadastro Único do Governo Federal);
- Ter entre 15 e 21 anos e 11 meses (para vagas das áreas administrativas);
- Ter entre 17 anos e 9 meses e 21 anos e 11 meses (para vagas nas refinarias e em laboratórios de pesquisa);
- Frequentar o sistema de ensino regular;
- Residir no entorno de alguma unidade da Petrobras.
Cada comitê local realiza seu processo seletivo em uma data determinada, que depende do término da edição anterior do Programa. Somente após dois anos do início de cada edição é que as instituições e os comitês locais da Petrobras iniciam a seleção dos jovens, com novas inscrições.
As normas e procedimentos de recrutamento e seleção são de responsabilidade dos comitês locais. Distribuídos em 29 regiões do PPJA pelo país, eles têm autonomia para executarem seus processos seletivos.
Saiba mais em: http://www.petrobras.com.br/pt/quem-somos/carreiras/oportunidades-de-qualificacao/jovem-aprendiz/
Comitês locais
O programa conta hoje com 31 comitês locais: Alagoas, Bacia de Campos/Macaé. Bahia, Brasilia, Canoas/REFAP, Caraguatatuba – SP, Ceará – LUBNOR, Cenpes – Rio, Centro – Rio, Cubatão – SP, Espírito Santo, Itajaí – SC, Manaus – UO, Maracanã – Rio, Pará, RECAP – Mauá, Recife, REDUC – Rio, REGAP/Betim – MG, REMAN – AM, REPLAN – Paulínia – SP, REVAP – São José dos Campos, Rio Grande do Norte, Rio Grande/Polo Naval, Santos – SP, São Paulo –SP, Sergipe, SIX – São Mateus do Sul/PR, UTE/Seropédica, UTE/Juiz de Fora

msjsoinmvzxCinquenta anos de promessas e marketing político. Essa é a história resumida da pavimentação asfáltica da PR-364, no trecho de 47 km entre São Mateus do Sul e Irati. Para os usuários parece difícil acreditar que a obra sairá do papel em um curto espaço de tempo. Moradores e usuários de São Mateus do Sul bloquearam às 12:00 horas de hoje a rodovia na saída para Irati. A manifestação é para pedir pelos menos a manutenção do trecho São Mateus do Sul até a divisa com Rebouças, trecho este, que esta intransitável. O prefeito Clóvis Ledur, secretário de obras Albari Rosa e o ouvidor do município Eduardo Pinheiro Ferreira já solicitaram ao D.E.R. , e a secretaria de infra estrutura do estado melhorias para a rodovia mas infelizmente não foram atendidos.
Estrada São Mateus do Sul/Irati
A rodovia PR-364 é uma estrada pertencente ao governo do Paraná que liga as cidades de São Mateus do Sul e Guaíra. A rodovia possui uma extensão total de aproximadamente 587,4 km e pode ser dividida em 30 trechos. Apenas dois km que compreende o trecho entre São Mateus do Sul a Irati foram asfaltados.
A conclusão da obra que no mapa é asfaltada, mas que na realidade é uma estrada com diversos problemas estruturais, irá proporcionar um novo acesso rodoviário para os municípios das regiões Centro-Sul e Sul do Estado.

sjfoidjijdksJá estão abertas as inscrições para o processo seletivo 2015 da Guarda Mirim do Paraná. Serão oferecidas 280 vagas para adolescentes de ambos os sexos em situação de risco e vulnerabilidade social. Para acessar o formulário, disponível somente pela internet, basta entrar no site da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social, no endereço eletrônico www.familia.pr.gov.br e clicar no banner lateral “Inscrição Guarda Mirim 2015” (endereço para link - https://www.guardamirim.seds.pr.gov.br/guardamirim/inscricao.do?action=iniciarProcesso).

Quem não tiver acesso à internet pode se inscrever usando os computadores que estarão disponíveis na sede da Guarda Mirim, que fica na Avenida Anita Garibaldi, nº 2395, no bairro Ahú, em Curitiba. O horário de atendimento é das 8h30 às 11 horas e das 13h30 às 16 horas. A inscrição é gratuita e se encerra no dia 30 de janeiro, às 16 horas.

REQUISITOS - Podem participar da seleção adolescentes que completam 15 ou 16 anos em 2015, moradores em Curitiba ou Região Metropolitana. No momento da inscrição, o candidato deve estar matriculado em escola regular a partir do 9º ano fundamental ou em Educação para Jovens e Adultos (EJA), em pelo menos quatro disciplinas.

COMO FUNCIONA – A Guarda Mirim é um programa de inclusão social que oferece cursos de aprendizagem gratuitos para adolescentes com duração de três anos. No primeiro ano, os alunos participam do curso de Pré-Aprendizagem e Formação Cidadã, ministrado por professores da Secretaria de Estado da Educação e por policiais militares.

 

Online

Temos 244 ouvintes online

Últimas Notícias