Governo do Estado anuncia a construção de dez Ambulatórios Multiprofissionais Especializados

DSC_0489B.jpg

O anúncio do projeto foi feito nesta quarta-feira (11) pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior e pelo secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, no Palácio Iguaçu, durante cerimônia com a presença de prefeitos e secretários municipais de saúde

 

 

 

Os Ambulatórios Multiprofissionais Especializados (AMMES) serão construídos a partir do ano que vem e servirão de referência regional em serviços de saúde. O anúncio do projeto foi feito nesta quarta-feira (11) pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior e pelo secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, no Palácio Iguaçu, durante cerimônia com a presença de prefeitos e secretários municipais de saúde.

Os AMMES terão a gerência dos Consórcios Intermunicipais de Saúde e a proposta é de ampliar e otimizar o atendimento ao usuário da Rede de Saúde do Estado. Inicialmente, serão contempladas com as novas unidades as regiões Metropolitana de Curitiba, Irati, União da Vitória, Campo Mourão, Cianorte, Cornélio Procópio, Paranavaí, Jacarezinho e Ivaiporã.

“Vamos investir R$ 100 milhões na construção deste novo modelo de ambulatórios seguindo nossa proposta inicial de regionalização da saúde do Paraná; serão unidades ambulatoriais modernas localizadas em pontos estratégicos, tendo os consórcios à frente também como forma de fortalecer a participação dos municípios nas decisões e gerenciamento da saúde”, afirmou o governador.

“É muito difícil para a pessoa que busca tratamento ter que se descolar 400, 500 quilômetros para uma consulta com um ortopedista, ou para um pequeno procedimento cirúrgico; então a ideia é fazer com que estes atendimentos especializados possam estar mais próximos das pessoas, com conforto e agilidade”, completou.

“É mais uma grande ação do governo do Estado na área da saúde que demonstra a meta anunciada logo nos primeiros meses do ano, de levar o atendimento especializado para perto da casa do cidadão”, destacou Beto Preto. “É compromisso desta gestão olhar para todo o Paraná e ofertar serviços estruturados”, salientou.

Segundo ele, os consórcios intermunicipais de saúde são ferramentas importantíssimas e potencializam as parcerias com os municípios. “Neste governo nos queremos uma parceira ainda maior com todos eles”, disse.

Municípios - O presidente da Associação dos Consórcios de Saúde do Paraná (Acispar), Luiz Carlos Borges Cardoso, ressaltou que os municípios reconhecem o “olhar diferenciado” desta gestão para as questões que afetam diretamente o cidadão. “Este governo está trabalhando em cima do planejamento a longo prazo, fazendo uma saúde para o futuro”.

Cardoso, que é prefeito de Alto Piquiri e que também preside o Consórcio Intermuncipal de Saúde Amerios (CISA) afirmou que “hoje os consórcios não são vistos apenas como prestadores de serviços, no governo Ratinho Júnior somos vistos como ferramenta para o governo trabalhar a saúde do Paraná”.

O município de Campo Mourão sediará um dos primeiros AMMES a serem construídos pelo Estado. O prefeito da cidade, Tauillo Tezelli, salientou que mais de 300 mil pessoas serão beneficiadas na região. “O Cisconcam integra 25 municípios e hoje nosso atendimento acontece em um prédio antigo, que já não atende as necessidades dos usuários, necessitamos deste novo espaço para ampliarmos os serviços”.

O prefeito de Irati , Jorge Derbli, também ressaltou que mais de 250 mil habitantes da região serão beneficiados com o projeto. “Já destinamos o terreno para receber o AMMES, doado pelo município de Irati, vamos aguardar o início da obra e a população só tem a agradecer pelo trabalho que vem sendo feito para melhorar a saúde”.

AMMES – O atendimento nos AMMES terá como base o Modelo de Atenção as Condições Crônicas, que por sua vez segue pesquisas internacionais de experiências bem sucedidas na área da saúde. “Vamos adaptar este modelo exitoso de atenção à nossa realidade, com plano de cuidados especializados, multiprofissional, contínuo e individualizado. O objetivo é uma saúde baseada na prevenção, suporte de decisões, diagnóstico e tratamento oportunos, proporcionando mais qualidade de vida”, explicou Beto Preto.

As unidades terão de 2.500 a 4.000 metros quadrados, contando com área assistencial e administrativa. O projeto de construção apresenta recepção com conforto e segurança, áreas de consultórios médicos especializados, exames e diagnósticos, atendimento multiprofissional, centro odontológico, além de ambientes para cursos de educação permanente. O AMMES oferecerá tratamento e orientação terapêutica nas diferentes linhas de cuidado prioritárias, como materno infantil, saúde do idoso, hipertensão, diabetes e saúde mental.

 

Online

Temos 598 ouvintes online

Últimas Notícias