Homem é morto com um tiro na testa em Irati

Um crime passional foi registrado na madrugada desta quinta-feira, 16, por volta das 4h40, em Irati. Rangel Mattoso, de 29 anos, foi morto com um tiro em uma casa, localizada nos fundos de uma empresa que funciona às margens da BR-153.


Segundo informações de um funcionário do Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa, que recolheu o corpo da vítima, Rangel foi atingido com um disparo na testa. Conforme a Polícia Militar, a vítima estava assediando a mulher do autor do homicídio e teria ido até sua residência para buscá-la. Depois do fato, o suspeito do crime pegou a esposa e deixou o local.
O corpo de Rangel foi encontrado em um saco de batata ao lado do portão da residência. Uma faca foi encontrada no local pela polícia. Não há informações de como a vítima chegou ao local. Conforme a PM, a vítima esteve no local com outras duas pessoas no início da noite de quarta-feira, 15. Na ocasião, Rangel ameaçou o dono da casa e seus familiares com uma arma.
No relatório da PM de Irati de hoje, 16, consta uma ocorrência de ameaça. De acordo com a polícia, o funcionário de uma empresa e sua esposa foram ameaçados por três homens que ocupavam um táxi. Um dos suspeitos estava armado. Os policiais realizaram buscas, mas não localizaram o veículo e os autores da ameaça.
Rangel estava de muletas e tem uma perna amputada. A vítima possuía antecedentes criminais.
O suspeito do crime reside numa casa nos fundos da empresa, além de ser funcionário do estabelecimento.

Fonte: Rádio Najuá

Este é o novo site da Difusora!

No ar

Online

Temos 340 ouvintes online

Últimas Notícias