10 de Julho: 6 anos sem José Maria França

 ZEMARIACAPA.png

Dono de uma das vozes mais conhecidas do rádio, ele atuou nos microfones da RDX entre 1992 e 2012

 

 

Nesta terça-feira (10) completam-se seis anos da morte de um dos grandes comunicadores de São Mateus do Sul: José Maria França.

O motorista de caminhão da extinta Móveis Bodner, repentista, comunicador e dono de uma das vozes mais conhecidas do rádio são-mateuense, faleceu no dia 10 de julho de 2012, vítima de um infarto fulminante, aos 61 anos. 

Como comunicador, José Maria França começou a carreira em 1992 na Rádio Difusora do Xisto, onde apresentou os programas Rancho Alegre, das 5h às 8h, e o Paradão Sertanejo e Brasil de Bombacha, entre 16h e 19h. Entre 1992 e 2012, ele chegou a atuar durante um ano na Rádio Cultura Sul FM. 

José Maria era trovador e também desempenhou a função de pedreiro durante um período. Por muitos anos, a voz marcante acordava os ouvintes com o seu famoso Galo Justino. Além disso, contava com o auxílio de João Rubens Faria, o Ferrinho, que faleceu em abril deste ano.  

Mesmo após 6 anos de sua morte, muitos ouvintes ainda lembram do ''Zé Maria'' através de suas músicas, consagradas em CD's que ele gravou. Com o estilo gauchesco, as letras, algumas de sua própria autoria, traziam homenagens à cidade de São Mateus do Sul, como a música São Mateus Hospitaleira, Rancho do Konoskão, entre outras. Além disso, afirmava ser fã do cantor Teixeirinha.

A RDX presta esta homenagem à aquele que foi um grande amigo, colaborador e parceiro da emissora durante muito tempo, e que deixou saudade nos microfones da nossa eterna 1030.

Clique aqui e confira o DVD completo de José Maria França, disponível no YouTube

 

Da redação RDX

Fotos: Reprodução/Youtube

ZEMARIA2.png

ZEMARIA3.png

ZEMARIA4.png

ZEMARIA6.png

 

Online

Temos 1161 ouvintes online