Hospital Darcy Vargas recebe prêmio internacional na Suíça

HOSPITAL1304CAPAb.jpg

Entidade conquistou prêmio Star For Quality 2019, que destaca a qualidade de gestão. Cerimônia de premiação ocorre em Genebra, na Suíça, neste fim de semana

 

 

O Hospital Dona Darcy Vargas conquistou o prêmio internacional Star For Quality 2019, concedido pela Business Initiative Direction – BID (Direção de Iniciativa Comercial/de Negócios). A cerimônia de premiação ocorre neste fim de semana, em Genebra, na Suíça, no sábado (13) e domingo (14).

A BID concede o prêmio a partir do atendimento do modelo de Total Quality Management – TQM (Qualidade Total de Gestão), que engloba inovação, formação contínua, qualidade, gestão, marketing e outros critérios.

O diretor executivo (CEO) do BID GroupOne, José E. Prieto, vinculado à Universidad Politécnica de Madrid, na Espanha, salienta que os premiados são símbolos do compromisso com a liderança, a tecnologia e a inovação e se tornam modelos para outras empresas em seus respectivos segmentos.

A importância do prêmio é considerada fundamental para criar impacto midiático de “brandbuilding” (construção de marca) e marketing, que resulta numa melhora significativa da posição da empresa como líder num País e num segmento de mercado.

A conquista do prêmio reforça a marca do hospital ao permitir o uso do símbolo BID em sua marca corporativa, consolidando o reconhecimento obtido e reforçando seu compromisso com a evolução permanente dos processos de qualidade.

“Esse prêmio é resultado de uma investigação que os países fazem para escolher as entidades e empresas que o merecem. Empreendedores e peritos, orientados pela Business [Initiative Direction] e pela BID GroupOne, reconhecem a contribuição do hospital em termos de liderança, qualidade, inovação e excelência”, destaca o diretor técnico do hospital, Márcio José Gobor.

A notícia do prêmio foi recebida com alegria por toda a equipe do hospital, segundo Gobor. “Nossa diretoria não mede esforços para manter esse hospital sempre em funcionamento. Todo mundo já sabe que, em 2015, quando assumimos, o hospital estava realmente sendo fechado, não tinha condições. E essa diretoria, a nossa experiência, fizemos com que o hospital fosse reconhecido. Hoje, além do reconhecimento estadual e nacional, temos agora o internacional”, diz.

De acordo com Gobor, a divulgação dos trabalhos do hospital em seu site atraiu a atenção dos organizadores do prêmio e contribuiu para sua indicação. “Temos um Programa de Qualidade no hospital, de humanização. Tudo que é feito no hospital, é feito com carinho, para o funcionário, para o cuidador, que está com seu familiar aqui, para os visitantes. É muito importante para os funcionários, que exercem suas funções e passam grande parte de suas vidas no hospital. Estamos, realmente, trabalhando com a humanização. Fazemos, mensalmente, reuniões com os funcionários, divulgamos no site a alta de pacientes, eventos, treinamentos, seminários. Divulgamos tudo isso em nosso website. Esse prêmio de inovação, competência, qualidade, liderança foi muito bem-vindo. Dá uma força a mais para a minha equipe, que é excelente”, frisa o diretor do hospital.

HOSPITAL1304.jpg

O Hospital Darcy Vargas se subdivide em Pronto Socorro, Clínica Médica e Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI), que é referência estadual em atendimento para a reabilitação para pacientes oriundos das regiões Centro-Sul, Sul, Campos Gerais e Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

“Hoje temos uma nova cara, uma nova forma de ser hospital e deu muito certo. Todo hospital filantrópico passa por dificuldades. Um prêmio desses vem nos dar forças para continuarmos. Nos dias passados, tivemos mais dificuldades, pois o dia que vem recurso do Estado vem mais tarde do que [o dia em que] deveríamos pagar os funcionários. A folha acaba atrasando dentro do mês, compromissos acabam atrasando, mas dentro do mês é quitado e resolvido. Hospital de caridade sem fins lucrativos não tem caixa e é difícil manter tudo em dia. É pago, mas de acordo com os pagamentos”, comenta.

O esforço do hospital hoje se concentra na criação de uma reserva de caixa para evitar que voltem a ocorrer problemas em honrar os compromissos financeiros. “No ano passado, obtivemos uma grande vitória ao conseguirmos quitar os pagamentos e quitar o 13º em dezembro mesmo. Nos anos anteriores, ficava sempre para o próximo exercício o 13º”, compara.

“Cada crítica, cada sugestão que a população faz, nós acatamos e transformamos em melhorias. Esse prêmio é também de todos aqueles que não gostaram de algo e reclamaram, pois nós consertamos, arrumamos. É isso que esse grupo verificou, analisou e nos presenteou com esse prêmio”, comemora Gobor.

O diretor do Hospital Darcy Vargas explica que, pelas condições financeiras da entidade, nenhum representante vai viajar até a Suíça para receber o prêmio na cerimônia de gala, que será realizada neste fim de semana. Mesmo assim, posteriormente à entrega do prêmio, o certificado será enviado para Rebouças. “Não tem como irmos, devido ao alto custo que isso geraria ao hospital. Não tem como irmos e onerarmos, mais ainda, as contas do hospital”, justifica.

O Hospital Darcy Vargas foi selecionado para obter o prêmio através de um processo de votação realizado por líderes empresariais que participaram de Congressos Internacionais de Qualidade organizados pela BID, ao longo de 2018, em Londres (Inglaterra), Genebra (Suíça), Paris (França), Nova York (EUA) e Frankfurt (Alemanha).

 

 

Com informações Rádio Najuá

 

 

Online

Temos 647 ouvintes online

Últimas Notícias