Polícia Civil vai investigar morte de protético dentário em União da Vitória

BRUNO-300x250.jpg

De acordo com as informações, Lopes foi encontrado morto pelos familiares em seu quarto, na Rua Castro Alves, no bairro Ponte Nova, por volta de 19h40 desta segunda-feira, 08

 

A Polícia Civil de União da Vitória (4ª SDP) assumiu as investigações para averiguar as circunstâncias da morte do protético dentário Bruno Lopes.

De acordo com as informações, Lopes foi encontrado morto pelos familiares em seu quarto, na Rua Castro Alves, no bairro Ponte Nova, por volta de 19h40 desta segunda-feira, 08.

Os bombeiros informaram que não havia nenhuma perfuração, ou lesão aparente no corpo. A Polícia Civil não descarta nenhuma linha de investigação, mas diz que é prematuro apontar uma causa, antes de conhecer o laudo oficial do IML apontando as causas da morte do protético.

A polícia criticou a falta de compromisso com a informação de blogs e sites que adiantaram um “possível suicídio” de Bruno.

A polícia disse que não tem elementos para apontar a causa da morte sem antes receber os documentos oficiais do Legista. A notícia da morte do jovem, causou comoção, principalmente entre a juventude local.

Lopes era conhecido por ser alegre, com muitos amigos e levava sua vida normalmente, sem indícios de qualquer problema mais grave. A família não informou o local do sepultamento do jovem

Assaltado

Em 2016 Bruno quase perdeu a vida, quando foi assaltado com outros três amigos, levou uma facada no abdômen, e teve seu dinheiro e celular levado pelos assaltantes. Na ocasião o jovem  passou por várias cirurgias até sua recuperação.

 

Fonte: VVale/ Plantão CBN Vale do Iguaçu

 

Online

Temos 352 ouvintes online

Últimas Notícias